O sentimento de ouvir. " Por que ele é tão bom?"

        É, quem nunca sentiu a ideia de se desligar do mundo quando se ouve música? Ou melhor de desligar o mundo de você? Pois bem, por que será que música é  tão bom? Por que será que cada um tem um gosto? Ou melhor porque ouvir em ritmos pré definidos é calmante?
       Coisas organizadas desde som até objetos ou cores despertam a ideia de controle, de organização, tornam o ambiente agradável e naturalmente bonito, o mesmo ocorre com a música, sons organizados equivalentes na escala a números inteiros se tornam organizados e capazes de causar sentimentos, ou passar informações com facilidade.
  


    Facilitando:

 Uma escala complexa ou amontoada a várias escalas cria euforia a quem ouve, uma escala vagarosa com destaque lento para cada nota carregando vagarosamente a melodia e a voz causa a calma, e assim por diante.
          Então a audição é uma maneira de comunicação facilitada, ou seja tem muita utilidade e assim como a visão, olfato, tato, ou paladar pode passar sentimentos.
          A mensagem passada pela música funciona como umam maneira de expressão do artista, assim,  a mensagem passada deve ser boa e levar a causa de algo, como os arrepios de uma letra muito forte, ou os pensamentos profundos de uma música melodiosa.
          O uso hoje banalizado de música ou não, tornou tudo absurdamente especulado, toda composição é música, todo som é música, toda palavra suja pode ser música, versos chulos comprometem cada vez mais a MÚSICA. Usar a arte do som e da transmissão de informações por um meio tão facilitado pra passar palavrões e chegar a ter uma boa capacidade de vida em troca da ignorância é realmente algo indescritível
           Largando a qualidade de música vamos partir para o sentimento causado pela música:

Música = personalidade:

      Quando topamos nesse ponto chegamos há variedade de personalidades existentes. Por exemplo, algumas pessoas tendem a ter personalidades mais complexas, outras mais alegres felizes, e outras mais "deprimidas", ( não que isso justifique pessimismo, ou outras formas de tendências depressivas como partes da personalidade ) cada personalidade carrega consigo uma tendencia a gostar de outros temas, ou de outras influências, a ideia de cultura influi tanto quanto a personalidade no sentido das escolhas.
Para se aprofundar no assunto eu recomendo:

Recanto das letras 

Rede Vinil


A postagem da Rede Vinil era curta então vou por aqui mesmo, lembrando que o texto a seguir não é de minha autoria e o link acima e esta declaração são postos como sendo as informações dos direitos autorais.

"Ouvir música ao mesmo tempo em que se realizam outras tarefas pode ter os mais variados efeitos. Pesquisadores da Universidade Chemnitz e da Universidade de Erfurt, ambas na Alemanha, comprovaram que, durante a leitura, ouvir música de fundo pode afetar a compreensão. Na memória, os efeitos foram negativos, mas muito baixos. Já na prática de atividades físicas e em reações emocionais, os impactos da música são muito positivos."


Você pode se interessar por:
Afinal, pra que serve a música: Nas entranhas da mente  

Ou:
Afinal, o que se ouve é música?