Controle-se: "Livre-se do seu medo"




      Todo mundo tem, todo mundo sabe o que é, sente ou já sentiu, o famoso medo tema de de livros infantis ou o medo do escuro da noite quando se sai pra beber água e se tem impressão de perseguição, ou o medo de Deus ou do diabo, o medo que  tanto atormenta os seres mortais, o medo da vida, o medo da morte, o medo de não saber, o medo de ver, o medo de errar, o medo de não conseguir. Tudo é comum e todos já sentimos, o medo é uma demostração de perigo criada pelo seu corpo. Mas e quando alguém se torna refém do medo?


A paralisia do medo


     Por vezes o medo paraliza, e para mover um dedo é necessário que se faça, um tremendo esforço mental, quando alguem teme mais o medo do que o que ele pode causar, ela se torna refém do medo, sua mente se prende mais ao alerta do que ao problema.
      O sentimento de urgência ( o famoso E AGORA! ) fazem com que a mente se conturbe e temer o próprio meso impede que alguém tome a decisão correta.
       Lembra do exemplo do post anterior? Ou você usa a dificuldade ( muro ) como escada ou como obstáculo? Se no medo você para e pensa: Pra que o desespero? Vou agir assim. Ou seja se você questiona o que pensa você consegue agir torana o sentimento de urgência um aliado e vence o medo vencendo a sua causa. Contudo se não você se prende a ele e acaba por não resolver nada por ser um refém.
     Por isso comparo um medo a um muro, ou ele é escada pra te fazer crescer ou parede pra te prender. E é assim o medo mostra uma dificuldade urgente e cabe a você enfrentar ou simplesmente desistir.



Vamos diferenciar o medo de fobia: Segundo o site Camara Brasileira ( acessar página para mais informações sobre fobia ) a diferença entre medo e fobia localizada no início da página é posta aqui a seguir:

Definição de fobia:

A palavra fobia vem do grego "phobia"; esta, por sua vez, deriva-se da palavra grega "phobos", também nome de um deus grego, significando "pânico, terror". Segundo a lenda, esse deus provocava medo intenso em seus inimigos, já que tinha um rosto terrivelmente feio.
A fobia é uma forma especial de medo, e apresenta as seguintes características:
1) desproporção entre a situação e a emoção despertada;
2) medo sem explicação razoável;
3) ausência de controle voluntário;
4) tendência à evitar a situação.

A prática clínica, têm verificado que a origem de tais distúrbios é uma somatória de fatores genéticos, histórico-pessoais e da cultura onde o cliente se desenvolveu. Para o tratamento das fobias, qualquer que seja a técnica escolhida, é fundamental que o cliente esteja motivado para eliminar o comportamento fóbico. Boas formulações auto-hipnóticas (auto-sugestivas) podem trazer excelentes resultados.
Especificamente neste caso, é recomendável que numa fase inicial, o indivíduo cumpra um mínimo de três sessões diárias e faça relaxamento outras três vezes 



A definição de medo é encontrada em outra página do site Camara Brasileira ( acessar para mais informações sobre medo )


Aqui vão os endereços de dois sites com listas das fobias mais esquizitas do mundo:

 Mundo Estranho
e
Blog do Braian 

A postagem do site Brian já se encontra abaixo caso queiram acessar os últimos dois links informo que não estão configurados para abrir em nova janela/aba.